19/12/2010

Um bom livro para Domingo à tarde...

Domingo à tarde, um frio exacerbado na rua, a noite a aproximar-se lentamente.

Adoro estes dias e a sensação de poder enrolar-me na minha manta da Serra da Estrela, enquanto leio um livro.



O chá de cidreira aquece a chávena branca e o calor do líquido sobe-me ao rosto. As páginas sucedem-se e descobrem um romance histórico, com características policiais, verdadeiramente apaixonante. Recomendo.

Um resto de Domingo feliz.